TAMBAU
TAMBAU CAT - 2

Brasil deixa top 3 em ranking de melhores aeroportos do mundo

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil perdeu posições e não tem mais aeroportos entre os três melhores do mundo, de acordo com o ranking feito pela AirHelp, empresa voltada para os direitos dos passageiros e indenizações de voos.

Por Portal Jonet Brasil em 09/07/2024 às 18:42:24

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O Brasil perdeu posições e não tem mais aeroportos entre os três melhores do mundo, de acordo com o ranking feito pela AirHelp, empresa voltada para os direitos dos passageiros e indenizações de voos.

O aeroporto de Recife despencou da segunda para a 14ª colocação da lista, com a pontuação baixando de 8,49 para 8,20. Em 2023, o local só ficou atrás de Mascate, em Omã, enquanto em 2022 o aeroporto de Recife foi superado apenas por Haneda, em Tóquio, no Japão (veja o ranking abaixo).

A instalação na capital pernambucana perdeu pontos em todos os itens avaliados no ranking: pontualidade (de 8,5 para 8,2), opinião do cliente (de 8,4 para 8,3) e alimentação e lojas (de 8,7 para 8,1), o que resultou na média de 8,2 pontos.

Com a queda de Recife, o aeroporto brasileiro melhor ranqueado passa a ser o de Brasília, que obteve 8,32 pontos (8,6 para pontualidade; 8 para opinião do cliente e 7,9 para alimentação e lojas) e está em quinto lugar.

O outro aeroporto brasileiro que figura entre os dez melhores do mundo é Belém, nono lugar com 8,26 pontos, que acabou sendo o vencedor mundial na categoria dos aeroportos que recebem até 50 mil voos por ano.

A performance representa uma piora na avaliação, pois o país tinha quatro aeroportos entre os dez melhores em 2023: Recife (2°), Brasília (4°), Belém (7°) e Belo Horizonte-Confins (8º). O Brasil também tinha quatro entre os dez melhores em 2022: Recife (2º), Viracopos (4º), Belo Horizonte-Confins (6°) e São Paulo-Congonhas (7º).

"Neste ano o Brasil registrou menos destaques no ranking em relação aos levantamentos anteriores, com apenas dois aeroportos entre os 10 melhores do mundo. Os aeroportos de Brasília e Belém mantiveram-se nas primeiras posições com boas avaliações, especialmente em relação à pontualidade dos voos", avalia Luciano Barreto, diretor-geral da AirHelp no Brasil.

A liderança neste ano ficou com o aeroporto de Hamad, em Doha, no Qatar, que teve média de 8,52 pontos. A segunda colocação ficou com Cidade do Cabo, na África do Sul, seguida por dois aeroportos japoneses: Nagoya e Osaka.

Veja abaixo a relação dos dez melhores colocados e os brasileiros que estão entre os 50 melhores do ranking da AirHelp

Posição / Aeroporto (país) / Pontuação média

1° / Hamad, em Doha (Qatar) / 8,52

2° / Cidade do Cabo (África do Sul) / 8,50

3° / Chubu Centrair, em Nagoya (Japão) / 8,49

4° / Osaka (Japão) / 8,46

5° / Brasília (Brasil) / 8,32

6° / O.R. Tambo, em Joanesburgo (África do Sul) / 8,29

7° / Mascate (Omã) / 8,28

8° / Salt Lake City (EUA) / 8,28

9° / Belém (Brasil) / 8,26

10° / Narita, em Tóquio (Japão) / 8,24

14° / Recife (Brasil) / 8,20

19° / Confins, em Belo Horizonte (Brasil) / 8,13

26º / Porto Alegre (Brasil) / 8,06

40° / Santos Dumont, no Rio de Janeiro (Brasil) / 7,97

46° / Curitiba (Brasil) / 7,93

Fonte: AirHelp Score

Fonte: Notícias ao Minuto

Tags:   Economia
Comunicar erro
Q BOM
MEGA 2
marana

Comentários

rossi2
BETA mercadinho
TV JONET BRASIL