TAMBAU
TAMBAU CAT - 2

Conheça história de Chrystian, cantor sertanejo desde os 6 anos

Chrystian, que ficou famoso ao lado do irmão na dupla Chrystian & Ralf, morreu aos 67 anos depois de uma breve internação em São Paulo.

Por Portal Jonet Brasil em 21/06/2024 às 07:03:59

Chrystian, que ficou famoso ao lado do irmão na dupla Chrystian & Ralf, morreu aos 67 anos depois de uma breve internação em São Paulo. Nascido José Pereira da Silva Neto, ele comemorou 60 anos de carreira, sempre na música sertaneja, com o lançamento de seu segundo EP, que incluiu a regravação das músicas originalmente lançada por sua ex-dupla, Brigas (1987) e E Sou Eu (1992).Chrystian nasceu em Goiânia, em 1956. Sua carreira começou cedo. Aos seis anos já se apresentava em clubes a sua cidade, e poucos anos depois, mesmo com pouca idade foi apresentador de um programa, chamado Pinguinho de Gente. Mas foi em São Paulo que o cantor iniciou sua trajetória de sucesso na música. Veio com a família para a capital paulista, onde ele e seu irmão Ralf foram contratados por uma gravadora que conheceu a dupla mirim em uma apresentação no programa da radialista Vicente Leporace, na Rádio Bandeirantes. A primeira gravação se chamava Os Pássaros, e a dupla levava o nome de Charles & Ralf. O primeiro disco como Chrystian e Ralf foi lançado em 1983, com regravações de músicas sertanejas de outros cantores e compositores. Este foi o início de uma das duplas mais emblemáticas do sertanejo brasileiro, responsável por levar o gênero musical para as trilhas de novelas, com a música Saudade, no folhetim Pacto de Sangue, de 1989, na Rede Globo.

Ao lado do irmão construiu uma trajetória que se estendeu por quatro décadas, com hits que atravessaram gerações. Entre os maiores sucessos da dupla estão Nova York, Chora Peito, Cheiro de Shampoo, Sou Eu, Vai Voltar Pra Mim, Amor Além da Vida, Você Não Sabe Amar e Alô. Essas canções, entre outras, solidificaram a dupla como uma das mais queridas do público brasileiro. Após 40 anos de parceria, a dupla se separou em 2021. Chrystian, no entanto, continuou sua jornada musical e construiu uma carreira solo de sucesso. Seu primeiro lançamento após o rompimento foi o single Não dá para ficar assim, seguido por Se eu bebo eu choro, em 2022, e Amor é que nem ônibus, em 2023. Ainda em 2023, ele lançou seu primeiro EP solo, Minha História, com quatro faixas. Ralf, entre outros artistas, homenageou Chrystian nas redes sociais. Chrystian deixa um legado na música sertaneja e uma vasta discografia. Ele, que já foi casado com Gretchen, era casado há 29 anos com Key Vieira, de 55, com quem teve dois filhos: Lia e João.

Publicado por Luisa Cardoso

*Com informações do Estadão Conteúdo

Fonte: Jovem Pan

Comunicar erro
Q BOM
MEGA 2
marana

Comentários

rossi2
BETA mercadinho
TV JONET BRASIL